1/10

AIRBAG -Uma psedocomédia de costumes semimusical plagicombinada

Informações Técnicas:

Peça de Teatro | 70′ |

 

Ficha técnica:
Texto, Direção e Canções: Adriano Esturilho | Elenco: Gabriel Gorosito e Patricia Cipriano | Coro: Amanda Bueno, Alana Mendes, Mia Bueno, Paulo Silva, Rayssa Martins, Ricardo Mor | Produção Executiva: Judite Fiorese | Direção de Produção: Bella Souza | Assistência de Produção: Felix Varejão, Jade Benamor, Kadije Akl, Luiz Mira, Lucas Bueno, Nathalie Rocha, Paulo Silva e Silvia Fonseca | Estagiária: Mônica Ferreira | Cenografia: Guenia Lemos - Prego Torto & Cia | Assistência de cenografia: Ana Kummer | Cenotécnica: William Batista - Studio Fabrika | Grafiteiro: Jorge Galvão e TRI | Figurinos e Maquiagem: Gui Almeida | Criação e Operação de Luz: Lucas Amado | Técnicos de luz responsáveis: Lucas Tatarin, Júlio Kafu | Sonoplastia, Produção Musical e Música ao vivo: Eugênio Fim | Montagem e Operação de som: Fernando Abba | Assistência de montagem e operação de som: Tufo | Locução: Marko Aurélio | Designer, fotos e vídeos: Karla Vizone | Assessoria de imprensa: Adriane Perin - De Inverno | Comunicação Comunicação: Agência Souk | Assessoria de comunicação: Kadije Akl | Realização: Processo Multiartes e Vão Livre

 

Sobre:
Airbag fala sobre o fim do relacionamento entre um casal da classe média alta curitibana, depois de 20 anos casados. Ela, uma advogada de sucesso; ele, um artista decadente. Destilando uma ironia cruel, texto e cenas expõem as fraturas da moral e dos bons costumes. 
Num primeiro momento o texto parece discutir apenas o fim de mais um casamento, mas a intenção, ao longo da peça, é provocar reflexões e jogar luzes sobre questões ligadas à nossa classe média alta, ao conservadorismo, aos valores que norteiam a criação dos filhos, dos desejos pessoais e profissionais, enfim, dos seus falsos valores.

 

LANÇAMENTO

 

2018

  • Garagem Multiartes - Curitiba

     

RECURSOS

 

Este projeto foi aprovado no edital n. º 001/2014 – PROFICE.